Delirium 30/30 delirantes

Delirante Antologia de Minicontos criados a partir de palavras-chaves.

Sua pequenina história, ambientada no Brasil, obrigatoriamente usando como tema central uma das palavras-chaves, desafiante — aventure-se e seja criativo — poderá fazer parte desta antologia estranha. Uma antologia publicada por uma editora doida necessita de loucuras, seja inventivo. A única exigência em relação ao texto é usar a palavra-chave.

Devido à baixa procura, estamos prorrogando o prazo de 31 de maio para 31 de julho de 2017.

Por favor, caso tenha interesse em participar, leia o EDITAL AQUI.

Financiamento coletivo: A publicação da tiragem inicial será feita com recursos obtidos através de financiamento coletivo. Cada autor compromete-se a contribuir com a recompensa mínima de participação na antologia. Não há taxa de inscrição, mas os contistas selecionados serão aceitos a partir da confirmação do apoio no Catarse. Algumas regras/opções:

– Os livros terão valor aproximado de R$ 32, com frete e taxa do Catarse incluídos neste preço. Esse é o valor da recompensa de um livro e também para venda do exemplar após encerrada a fase de financiamento;
– Para apoios com recompensas de mais de um livro, os livros adicionais sairão por algo em torno de R$24,00. Assim o autor poderá adquirir mais livros para revender aos amigos e leitores;
– Cada apoiador que tiver o conto incluído na antologia receberá 1 exemplar a mais do que consta na recompensa do seu respectivo apoio, ou seja, se você apoiou o livro para receber dois exemplares e seu conto for incluído, você receberá um exemplar a mais;
– Haverá a sugestão de recompensa do tipo: ajude um escritor amigo. Nessa opção o apoiador poderá escolher qual escritor receberá um dos livros da recompensa;
– Incluiremos brindes, marcadores etc;
– Para entendimento geral, o Catarse retém 13% do arrecadado como taxa;

Período de inscrição de 25 de abril até 31 de maio julho de 2017.
Período de Apoio no Catarse até 31 de junho setembro de 2017.

Lista de palavras-chave: algodão-doce, biscoito, burburinho, caipira, calango, calhambeque, canivete, caranguejo, chimarrão, espantalho, formigueiro, gafanhoto, hospital, inventário, jabuticaba, jangada, oleiro, parapente, perdigueiro, pintassilgo, procissão, pupunha, rendeira, retirante, rolimã, sanfona, serrote, vaga-lume, velório. De duas a quatro palavras-chaves serão usadas pelo comitê de avaliação, nos contos dos respectivos autores. Natal é uma palavra-chave já utilizada e retirada da lista.

Principais regras:
– A inscrição é gratuita. Os contos deverão ser enviados para o email contato@deliriumeditora.com.br, com o assunto: Participação na Delirante Antologia de Minicontos. O autor deverá incluir seu nome completo além do pseudônimo no corpo do email. Os minicontos podem ser enviados a partir de 25 de abril;
– Os contos devem ser inéditos e de exclusiva autoria do participante, e não podem se caracterizar como fan-fic (baseado em personagens ou histórias famosas que ainda não estejam em domínio público, ex: Harry Potter);
– Todos os contos serão avaliados pelo comitê de avaliação, podendo ou não ser aprovados para publicação;
– Esta coletânea será publicada de forma colaborativa, ou seja, os autores se comprometem a apoiar o livro no Catarse. Cada apoiador que tiver o conto incluído na antologia receberá 1 exemplar a mais do que consta na recompensa do seu respectivo apoio, ou seja, se você apoiou o livro para receber dois exemplares e seu conto for incluído, você receberá um exemplar a mais;
– Os serviços editoriais são de responsabilidade da editora Delirium;
– Os contos submetidos à avaliação devem usar uma das palavras-chaves propostas neste edital, e não podem estar ou ser publicados (mesmo gratuitamente) a partir do envio até o anúncio dos contos selecionados. Os contos selecionados não podem estar ou ser publicados em qualquer outra plataforma durante a vigência do contrato.
– Será selecionado no máximo 1 conto por autor. Cada autor pode enviar até 3 contos, usando 3 palavras-chaves diferentes;
– Não serão selecionados contos que não utilizarem as palavras-chaves como base da história. Não adianta, por exemplo, apelidar o vizinho de espantalho e criar uma história assim, se a palavra-chave for espantalho, o conto necessita ter um espantalho;
– Serão selecionados 30 minicontos de 350 a 500 palavras;
– Será selecionado um miniconto para cada palavra-chave, então aqueles que se inscreverem usando as palavras mais complexas terão mais chance de participar da antologia;
– O miniconto deve obrigatoriamente ser ambientados no Brasil;
– O livro terá em torno de 196 páginas;

Dicas para uma melhor recepção
– Nós, os avaliadores, somos doidos de pedra e curtimos invencionices;
– Daremos preferências aos minicontos com temas regionais;
– Queremos sobretudo criatividade;
– Não somos fãs de livros com muito diálogos, especialmente em contos;
– Não somos fãs de anglicismos, quanto mais regional melhor;
– Aventure-se pelo esquisito;
– Não tenha medo de ousar e enlouquecer;

Venha participar da nossa primeiríssima antologia! Como é a nossa primeira vez, estudamos alguns modelos usados por editoras irmãs, para termos uma base.

Boa sorte e aventure-se nos textos doidos.

😀

Delirante Antologia de Minicontos
Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail
Classificado como:            

Deixe uma resposta