Semana de Papelão (dia 01)

aNP_semana_pic01

Sábado, dia 18/06, teremos o lançamento (finalmente!) de A Noiva de Papelão, nosso romance psicodélico. Será um evento online, virtual, no Facebook, aqui: https://www.facebook.com/events/1990124081213453.

Durante o evento, serão revelados os links para aquisição do livro, e os primeiros compradores ganharão brindes especialíssimos. Todos ganharão brindes, mas os primeiros, mais. Participe, ajude a divulgar e convide os amigos. Teremos brincadeiras e bate-papo.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Primeiras Impressões Publicadas

Foram catorze (14) primeiras impressões de novos leitores publicadas no mês passado, três delas em vídeo. Fiquei grato e imensamente feliz com o resultado. Abaixo a lista de todos que postaram impressões com o respectivo link para a leitura.

Primeiras Impressões do Talvez Nunca Mais um País

Agradecemos a todos que se dispuseram a apreciar as primeiras quarenta páginas da nossa distopia.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Um Ano Delirante (Aniversário da Delirium)

Um ano delirante prestes a passar. A data de nascimento — a editora veio a ser oficializada quando recebeu o registro empresarial — é 18/05. Felicidades! Maio será um mês de festividades e promoções comemorativas. Fique ligado!

A partir de hoje, 29/04, até o final de maio, deixaremos nosso livro com o preço promocional usado na Black Friday, apenas R$19,00 — lembrando que não cobramos frete para nenhum estado brasileiro e ainda enviamos alguns brindes simples. Também teremos um preço especial para quem quiser comprar dois livros e presentear um amigo: dois livros custarão R$31,00.

Além disso, estamos com um evento super interessante em relação ao Talvez Nunca Mais um País, as Primeiras Impressões. Continue lendo o artigo para saber de tudo.

(mais…)

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Concurso de Resenhas (I)

Concurso Cancelado!!

O concurso foi cancelado devido à baixíssima participação. Até o dia final do prazo estipulado, apenas duas resenhas haviam sido escritas.

Convido vocês para o primeiro concurso de resenhas organizado por mim, na Delirium. O objetivo do concurso é tornar mais conhecido o meu trabalho e incentivar a leitura de contos. Abaixo segue o regulamento para participação — ao enviar o email de participação, o participante concorda com todos os termos desse concurso. O prazo final para a publicação da resenha é 15 de março de 2016.

(mais…)

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Sorteio: Ano Novo c/ Kindle Novo

Promoção Ano Novo/Kindle Novo

Alguns escritores nacionais e blogueiros literários se uniram para comemorar a virada do ano da melhor forma possível: presenteando! Nada melhor que um leitor de livros, com armazenagem quase ilimitada para nós, ávidos por mais e mais histórias! (A Delirium Editora aprova!)

Para garantir muitas e muitas chances de você ser o ganhador desse lindo Kindle, inventamos diversas chances extras, além das obrigatórias. Até a data final de sorteio, você pode tentar as chances extras todos os dias e torcer para ser o sorteado!

Regras

– Residir ou ter endereço de entrega em território nacional;

– Preencher todas as entradas obrigatórias;

– Curtir e comentar o post oficial do Facebook, marcando 3 amigos;

– Compartilhar a imagem como pública;

– A entrada extra do Twitter poderá ser preenchida uma vez por dia;

– O prêmio será enviado em até 30 dias após o envio dos dados do ganhador;

– Os escritores e blogs participantes não se responsabilizarão por extravios dos Correios;

– Se não houver retorno do ganhador em até 2 dias após o e-mail de contato, haverá um novo sorteio;

– Promoção válida de 05/12 à 31/01/2016;

– Ao se inscrever na promoção, automaticamente está sujeito às regras e as aceita;

– Esta promoção tem cunho cultural, para disseminar a literatura no Brasil.

Prêmio:

Kindle Tela de 6″ com tecnologia “Pearl e-paper

(mais…)

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Mais Resenhas e Elogios

Mais resenhas de Talvez Nunca Mais um País!

Saíram mais três resenhas de Talvez Nunca Mais um País, nosso primeiro livro, e todas com (muitos e muitos) elogios tanto para o livro quanto para a edição.

A Helaina Carvalho, do blogue literário Hiper Criativa, publicou a resenha de Talvez Nunca Mais um País, e ela adorou o livro. Abaixo segue um trecho, mas visitem o blogue e leiam aqui a resenha de Talvez Nunca Mais um País.

Eu adorei a história e fiquei com uma vontade imensa de saber o que acontecerá depois do final que realmente me surpreendeu. Tem que ter continuação, Flavio!

A Tifany Baesso, do blogue literário Os Amantes da Leitura, também publicou a resenha de Talvez Nunca Mais um País, com muitos e muitos elogios ao livro. Abaixo segue um trecho, mas visitem o blogue e leiam aqui a resenha de Talvez Nunca Mais um País.

Eu amei!!! Assim que vi esse livro, senti vontade de ler. Sou apaixonada por distopias e procuro ler todas. No livro, vemos um cenário completamente desolador porém, é possível perceber que algumas coisas contidas nele, são problemas que já enfrentamos atualmente.

Por último, a amiga e escritora L. L. Alves publicou no Skoob a resenha, também com elogios que me emocionaram. Na página do livro do Skoob, você pode ler trechos das sete resenhas e, também, a íntegra da resenha da Luene. Leia aqui: http://www.skoob.com.br/livro/resenhas/520534/edicao:527746.

Pensei por muito tempo sobre o que diria sobre esse livro e ainda não sei ao certo quais palavras usar… Apesar do autor alterar constantemente o passado e o presente e às vezes até mesmo o futuro, o livro não fica nem um pouco confuso! Achei a técnica do Flavio espetacular.

Agradeço as resenhas e elogios, torcendo para o livro continuar encantando os leitores.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Vem aí: Semana da Black Friday

promo_black_friday

Caríssimo futuro leitor, a Delirium Editora aderirá a uma versão prolongada da sexta-feira negra. De 22 a 28 de novembro, nosso livro primogênito estará por apenas e somente R$19,00 — um desconto de quase 30% sobre o preço normal de R$27,00, na nossa livraria virtual, com frete incluído no preço, além de envio de um marcador mais o nosso querido atestado de loucura como brinde.

Não perca a oportunidade de adquirir o seu exemplar de Talvez Nunca Mais um País, uma distopia futurista que vem encantando leitores do Brasil inteiro. Visite nossa livraria virtual: http://deliriumeditora.com.br/loja.

Nessa época do ano, amigos ocultos, Natal vindo logo mais, vale muito a pena presentear alguém com um bom livro.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Fotos da Noite de Autógrafos (1)

Caríssimos, postamos abaixo algumas fotos tiradas no evento de lançamento oficial e noite de autógrafos — o primeiro de muitos — do nosso Talvez Nunca Mais um País, de Flavio P. Oliveira, realizado na Blooks Livraria, em 05/11/2015. O nosso sincero agradecimento a quem prestigiou o evento. Esperamos fazer muitos mais pelo Brasil inteiro, participar de feiras etc.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Mais Algumas Resenhas

Mais resenhas de Talvez Nunca Mais um País!

Saíram mais três resenhas de Talvez Nunca Mais um País, nosso primeiro livro publicado, e todas com (muitos e muitos) elogios tanto para o livro quanto para a edição.

A Nadja Moreno, do blogue literário Escrev’Arte, publicou a resenha de Talvez Nunca Mais um País, e ela gostou adorou do livro. Abaixo segue um trecho, mas visitem o blogue e leiam aqui a resenha de Talvez Nunca Mais um País.

Mais uma vez me deparo com o estilo único e pitoresco de Flavio Oliveira. Em outras resenhas que fiz de suas obras já comentei: ele escreve de forma pensante, um tanto quanto poética. A mim sempre soa como se eu estivesse ouvindo os pensamentos de alguém, ao invés de lendo páginas cobertas de palavras. Em Talvez Nunca mais um País, romance distópico, Flavio se mantém fiel ao seu estilo.

Também publicou uma resenha com muitíssimos elogios, a Ana Paula Carvalho Martins, do blogue literário Livros de Elite. Abaixo segue um trecho, mas visitem o blogue e leiam aqui a resenha de Talvez Nunca Mais um País.

Este é meu primeiro contato com a obra do autor Flavio P. Oliveira e devo dizer que fiquei sem palavras para descrever o que senti durante minha leitura… Mesclando passado e presente, Flavio nos coloca na mente do protagonista, durante boa parte do livro, não me senti lendo um livro, mas sim ouvindo um grande amigo contar-me suas desventuras. Um bom livro faz isso com o leitor, nos coloca na pele do personagem, no enredo e nos deixa ávidos por sabe mais e sentir mais.

A última resenha, talvez ainda com mais elogios, foi escrita pela Pâmela Possani, do Interrupted Dreamer. Foram tantos elogios que quase ficamos encabulados. Abaixo segue um trecho, mas visitem o blogue e leiam aqui a resenha de Talvez Nunca Mais um País.

A edição está impecável, sem erros de ortografia ou digitação (gente, sabe como é difícil isso? SABEM? Bem… É muito difícil.) Páginas amarelas, uma capa que combina muito com todo esse clima distópico… Ah! Já é fácil descobrir que gostei bastante da obra, não?  Recomendado para quem gosta de uma boa distopia…

Agradecemos pelos elogios publicados, que impulsionam nossa eterna vontade e luta por melhorar. Lembre-se, caro visitante e futuro leitor, o livro será lançado oficialmente em uma noite de autógrafos na livraria Blooks de Botafogo/RJ. Saiba mais aqui na página do evento no Faceboook. Contamos com a presença de vocês.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Feliz Dia das Crianças!

Texto de Flavio P. Oliveira, para o dia das crianças.

Eu sou criança desde pequeno… No formato de bebê, cagava nas fraldas, mijava, mamãe corria a trocá-las, pois gelado ficava e também fedido. No formato de menino, ia na escola, chorava ao ficar sozinho, no canto, meus futuros amigos penalizados. Depois cresci, quanta maldade vi, amores perdi, quantos dedos contei após bêbado, e suspiros são tantos; porém, sequer uma vez, a menor possível, esqueci-me do importante: ser criança crescida. Não ganho mais presentes dia doze… Como seria melhor a vida correndo ao contrário, depois dos trinta contar para trás.

Feliz dia das crianças!!!

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Página 2 de 3123